71ª Conferência Distrital Distrito 1960 - Comissão Distrital dos Serviços à Comunidade - Companheiro Roberto Carvalho

 

O Companheiro Roberto Carvalho, enquanto Presidente da Comissão Distrital dos Serviços à Comunidade, fez a apresentação das linhas gerais de trabalho desta Comissão que, à semelhança das restantes, tem como missão ajudar os clubes em nome do Governador, mas também promover projectos.

Em termos de projectos distritais, foram destacados dois projectos: os rastreios de saúde e o projecto FRAD – Frente Rotária Anti Diabetes. Os rastreios de saúde são realizados por alguns clubes do Distrito, como por exemplo pelos Rotary Clubs de Algés, Cascais-Estoril e Lisboa-Estrela, e o objectivo é actuar ao nível da prevenção e muitas vezes de supressão de um papel que as Instituições estatais deveriam desempenhar e não o fazem. O Rotary Club de Cascais-Estoril promove estes rastreios em parceria com o Lions Club há cerca de 18 anos, de forma totalmente gratuita, tendo chegado a atingir números como os 1700 rastreios realizados em dois dias. Este é um serviço de grande impacto na comunidade, é um bom serviço que pode ser replicado em todos os clubes, sendo também uma excelente oportunidade de divulgação da imagem pública do Rotary, afirmou o Companheiro Roberto Carvalho.

Em relação ao projecto FRAD – Frente Rotária Anti Diabetes, o que se pretende é que este seja um projecto bandeira, usando o Rotary como arma para fazer frente a esta doença que afecta tanta gente em Portugal. No âmbito deste projecto, a Comissão Distrital de Serviços à Comunidade tem planeada a realização de uma iniciativa conjunta entre os clubes dos dois Distritos, como forma de celebração do Dia Mundial da Diabetes, no mês de Novembro.

Como aspecto menos positivo, o Companheiro Roberto Carvalho, tal como o Companheiro Carlos Proença, da Comissão Distrital dos Intercâmbios de Jovens, referiu que muitas vezes os companheiros não entram em contacto com a Comissão, que tem como função apoiar e orientar os clubes que, ainda assim, fazem muito e bom trabalho.

“Já passámos as principais ideias aos companheiros dos próximos anos, porque o Rotary é uma roda contínua, o trabalho não se esgota num ano e o que foi começado este ano pode e deve ter continuidade no futuro”, concluiu o Companheiro Roberto Carvalho.