71ª Conferência Distrital Distrito 1960 - Comissão Distrital das Novas Gerações de Rotary - Companheiro Paulo Taveira de Sousa

 

O Companheiro Paulo Taveira de Sousa, responsável pela Comissão Distrital das Novas Gerações de Rotary, começou por afirmar que o lema escolhido pelo Governador Abílio Lopes, “A Juventude como Exemplo no Serviço”, foi um desafio não só para as novas gerações, como para todos os rotários.

A resposta a este desafio foi apresentada com a visualização de dois vídeos, sendo que o principal projecto desenvolvido este ano foi a Plantação da Floresta Rotaract, em Castelo Branco, com a colocação de 1500 espécies autóctones, entre sobreiros, rosmaninhos, azinheiras, medronheiros, entre outras. Acerca deste projecto, o Companheiro Paulo Taveira de Sousa destacou a cooperação e a parceria entre o Rotary e a sociedade civil e o facto de o mesmo ter sido executado por rotários, rotaractistas e interactistas, fazendo votos de que possa ser distinguido como projecto excepcional.

Considerando que este ano teve uma “dream team” a trabalhar consigo, o “quadrado mágico” composto pelo Governador Abílio Lopes, a Companheira Isabel Lopes e as Representantes Distritais de Rotaract e Interact, Companheiras Diana Nicolau e Mariana Afonso, respectivamente, por quem expressou toda a sua admiração, o Presidente da Comissão das Novas Gerações afirmou que este ano foram dados passos muito relevantes que devem ter continuidade nos próximos anos.

Um desses passos, à semelhança do que já tinha sido referido pela Companheira Diana Nicolau, foi a presença estratégica na Futurália, que permitiu ter uma resposta muito esclarecedora no interesse demonstrado por centenas de pessoas, e a presença em eventos internacionais, nomeadamente no Instituto Rotário de Madrid, que incluiu a realização de um workshop para a juventude.

Em termos do reforço e expansão dos clubes jovens, neste momento estão em formação quatro Rotaract Clubs – Lisboa-Belém, Lisboa-Oeste, Setúbal e Portalegre, e ainda o Interact Club de Quarteira, que está em processo de reactivação.

Para concluir, o Companheiro Paulo Taveira de Sousa traçou duas perspectivas de futuro: por um lado, a continuação do trabalho de reforço e expansão, por outro, a necessidade de criar um Interact no Centro Helen Keller, deixando uma reflexão: “o rejuvenescimento está na ordem do dia, o Rotary International tem uma preocupação com a situação a nível mundial, é necessário integrar pessoas mais novas. Por isso, deixo uma ideia à consideração dos próximos Governadores, que é o desenvolvimento do trabalho concertado entre três Comissões Distritais: Desenvolvimento e Expansão do Quadro Social, Novas Gerações e Alumni”.