Projeto "Mames e Mininus" - promoção da saúde Materno-Infantil na Ilha de S. Tomé e Príncipe

 

O movimento rotário é um movimento internacional que tem como áreas de enfoque a paz e prevenção/resolução de conflitos, prevenção e tratamento de doenças, recursos hídricos e saneamento, educação básica e alfabetização, desenvolvimento económico e comunitário e saúde materno-infantil.

No âmbito da Saúde Materno-Infantil, o “Projecto dos Cônjuges”, da Companheira Maria Isabel Lopes, esposa do Governador do Distrito 1960 Abílio Lopes, para este ano rotário 2016/2017 denomina-se “Mames e Mininus” e tem como propósito a diminuição do índice de mortalidade dos recém-nascidos e das jovens mães do distrito de Lembá (o segundo maior distrito da Ilha de S. Tomé e Príncipe), dotando-as também de mais e melhores conhecimentos sobre higiene, alimentação e saúde materno-infantil.

No passado dia 5 de Maio de 2016, a Companheira Maria Isabel Lopes assinou um protocolo com a Estímulo (cujo período de vigência será entre o dia 1 de Julho de 2016 e o dia 30 de Junho de 2017), uma Organização Não Governamental para o Desenvolvimento que, com base no lema “Causas com Efeitos”, tem como missão a promoção da educação e da formação, especialmente nos Países Oficiais de Língua Portuguesa, possuindo uma vasta experiência no terreno.

O Projecto “Mames e Mininus”, que pretende envolver todos os clubes do Distrito 1960, tem duas vertentes essenciais, sendo a primeira a entrega de kits de parto, compostos por material básico, asséptico e descartável, para que possam ser utilizados na assistência ao parto e aos recém-nascidos. Esta vertente contempla também a formação de técnicos de saúde ao nível da utilização dos kits e de cuidados primários de saúde, para que possam intervir de forma adequada, sendo um dos instrumentos utilizados o manual “Dez Passos para uma Alimentação Saudável – guia alimentar para crianças menores de dois anos”. Para a entrega destes kits, é necessário o apoio dos companheiros dos clubes do Distrito 1960 na angariação de fundos para a aquisição do maior número possível de kits.

A segunda vertente deste projecto consiste na criação de um banco de leite que possa ajudar na alimentação dos bebés e crianças do distrito de Lembá. Nesta vertente, o “Projecto dos Cônjuges” necessita da preciosa colaboração dos clubes Rotaract e Interact, através da recolha de latas de leite em pó ou da recolha de fundos para a sua aquisição. A Companheira Maria Isabel Lopes lançou o desafio a todos os Rotaractistas e Interactistas na Conferência Distrital e na Assembleia de Preparação de Líderes, desafio que foi prontamente aceite pelos clubes, que assumiram o compromisso de se mobilizar e criar projectos para a concretização do objectivo.

O “Projecto dos Cônjuges” necessita da ajuda de todos, abra os braços a este desafio, concretizando o lema do fundador Paul Harris: “o Rotary é a porta para a Amizade. Vamos mantê-la aberta para todos os Povos.”