Rotary Club de Celorico de Basto e Universidade do Minho realizam rastreio visual para alunos do 1º ano de escolaridade

O Rotary Club de Celorico de Basto, desenvolveu durante o mês de Novembro, parte do seu projeto “Construir com o Rotary uma melhor escola na comunidade”.

Este projeto, foi nesta fase desenvolvido essencialmente em parceria com a Universidade do Minho, com o Centro de Investigação CEORLAB, pretendendo detetar-se um conjunto diverso de fatores com influência no sucesso educativo dos alunos do ensino básico. Assim e após um trabalho prévio realizado em parceria com o Agrupamento de Escolas de Celorico de Basto e com a UCC Mãos Amigas, no qual se definiu a metodologia e plano de trabalho, realizou-se no passado dia 9 de Novembro o rastreio visual a cerca de 150 alunos, na sua quase totalidade, do 1º Ano de Escolaridade. Segundo Adelaide Freixo, Presidente do Rotary de Celorico de Basto, “esta foi uma atividade com resultados bastante positivos, no qual todos os parceiros colaboraram ativamente, e da qual se obteram e obterão resultados e melhorias em prol dos alunos que entraram no seu percurso escolar”. 

Destacou também a importância da Universidade do Minho e da equipa dirigida pelo Professor Jorge Jorge, uma parceira com reconhecidos instrumentos de análise e cientificidade, referindo que “a Universidade também aqui demonstra a sua abertura à comunidade, e contribui para a identificação de muitos dos fatores de insucesso junto da comunidade escolar. Notamos também que muitas das vezes se fazem maus diagnósticos, muitos deles superficiais, pelo que se devem fazer diagnósticos mais aprofundados com uma outra perspetiva, a bem do aluno e do seu sucesso”. 

O projeto para além desta fase de diagnóstico e rastreio, terá uma fase posterior, a decorrer durante o mês de Dezembro, de fornecimento de vários instrumentos de diagnóstico e formação aos professores, educadores e restante comunidade educativa, que ajudarão à melhor compreensão dos problemas dos alunos, à sua resolução e encaminhamento, com vista à melhoria dos resultados educativos e melhor contribuição para o sucesso escolar.

Quanto à continuidade do projeto, Adelaide Freixo referiu que este é um projeto que tem todas as condições para a sua continuidade, concluindo e referindo que “o clube quer este projeto alargado, de forma realista e faseada, a todos os alunos do concelho de Celorico de Basto”.