Visita Oficial do Governador ao Rotary Club de Lisboa-Estrela

No passado dia 23 de Janeiro, realizei a minha Visita Oficial ao Rotary Club de Lisboa-Estrela, na qual fui gentilmente recebido pela Presidente, Companheira Alexandra Costa Artur.

Após a recepção, a visita iniciou-se pelas 17h00 na Mercearia Social – Valor Humano da Junta de Freguesia de Santo António, gerida pelo Dr. Vasco Morgado, onde foi assinado um protocolo entre o clube e a autarquia para este ano de 2017 e que prevê a dotação mensal desta mercearia com produtos para aprovisionamento.

Seguimos depois para a reunião com o Conselho Director, onde foi analisado o plano de acção do clube para este ano rotário, que assenta em três eixos fundamentais: alargamento da área de influência nos serviços à comunidade, no qual se insere o projecto de apoio à Mercearia Social, os rastreios no âmbito do Projecto “Bem Ouvir e Ver para Melhor Aprender”, os Concertos das Quatro Estações e o apoio ao nível psicológico e de combate à solidão às irmãs teresianas; a ampliação da imagem pública, através da actualização das redes sociais e da publicação do boletim mensal e, por fim, o aumento e diversificação do Quadro Social.

Em termos do Quadro Social, o Rotary Club de Lisboa-Estrela tem 33 companheiros, o que faz dele o segundo maior clube do Distrito 1960 e tem ainda a particularidade de ter sido o primeiro clube rotário em Portugal a formar-se já com senhoras como sócias, há 25 anos, o que revela um espírito visionário para aquela época. Ao longo dos anos, o clube tem encetado os seus esforços para manter esta paridade de género, sendo os seus objectivos nesta área admitir companheiros com idades inferiores a 40 anos e com classificações profissionais menos representadas, como, por exemplo, Novas Tecnologias/Comercial/ONG/Domínio Artístico, e estabilizar o número de sócios nos 35.

Pelas 19h30 realizou-se o Concerto de Inverno, no âmbito do Projecto “Concerto das Quatro Estações”, protagonizado pelo grupo “Tre Percosi”, constituído pelos intérpretes Mariana Lopes (violino), Eduardo Teixeira (violoncelo) e Beatriz Fonseca (baixo contínuo), que interpretaram uma magníficas peças dos compositores Arcangelo Corelli e Antonio Vivaldi.

O jantar festivo realizou-se no Hotel Real Parque e contou com a presença de meia centena de convidados, entre os quais companheiros de onze clubes: Algés, Almada, Cascais-Estoril, Lisboa, Lisboa-Belém, Lisboa-Lumiar, Lisboa-Oeste, Lisboa-Olivais, Parede-Carcavelos, Olhão e Tavira, da Representante Distrital de Rotaract e Interact, Companheira Diana Nicolau, do Presidente do Rotaract Club de Lisboa-Estrela, Companheiro Gonçalo Antunes, convidados e amigos.

Foi uma noite bastante agradável, de salutar companheirismo, mas sobretudo de demonstração dos ideais que regem o movimento rotário, e que, após as intervenções protocolares, terminou com a habitual troca de lembranças, tendo oferecido à Companheira Alexandra Costa Artur a placa com a inscrição do lema do Presidente de Rotary Internacional, John Germ, para este ano rotário: “Rotary a Serviço da Humanidade”. A Companheira Presidente retribuiu gentilmente com uma caixa que continha 25 narizes vermelhos, em alusão ao projecto no qual o Rotary Club de Lisboa-Estrela esteve ligado desde a sua génese, uma vez que a sua mentora, a Dr.ª Beatriz Quintella (falecida em 2013), foi bolseira do clube aquando da sua deslocação aos Estados Unidos da América para estudar o funcionamento do projecto que lá já estava implementado, pelo que foi também uma forma de o clube prestar-lhe uma homenagem.