Rotary Club de Algés premiou os melhores alunos da escola secundária de Miraflores

 

Em cerimónia concorrida, que se realizou no dia 25 de Outubro, o Rotary Club de Algés procedeu à entrega de prémios aos melhores alunos da Escola Secundária de Miraflores, na qual marcou presença o Presidente da Câmara Municipal de Oeiras, Dr. Paulo Vistas, que entregou pessoalmente os certificados aos premiados.

Num momento difícil para Portugal e para o Ensino, com a redução de professores, com a eliminação de disciplinas, com o aumento do número de alunos por turma, o Rotary Club de Algés manteve a tradição de atribuição de prémios aos jovens da sua comunidade, porque acredita que é muito importante continuar a incentivar os jovens a estudar e a obter bons resultados académicos. “Só com gerações melhores preparadas se garantirá o futuro do nosso país” afirmaram os companheiros do clube, convictos.

Antes da entrega dos prémios, o Dr. José Tomás de Almeida, responsável do Centro Comunitário do Alto da Loba, proferiu algumas palavras sobre a temática da alfabetização de adultos e a Dr.ª. Ana Cristina Mariz Fernandes, directora do Colégio do Bom Sucesso, fez uma importante alocação sobre a História e a Importância da Educação.

Ao todo foram atribuídos quatro prémios monetários aos alunos com melhor desempenho: Prémio Joaquim Silva Gonçalves, para o melhor aluno do 12º ano, entregue a Marta Paiva Andrada; Prémio Américo Coito, para o melhor aluno do 11º ano, atribuído a Maria Nogueira de Sousa; Prémio José Inácio Morgadinho, para melhor o aluno do 11º ano a Matemática, entregue a André Monteiro Bento e, por fim, Prémio Peña Machó, para o melhor aluno do 11º ano a Português, atribuído a Marta Baptista Amaral.

A terminar, o Dr. Paulo Vistas salientou a importância da Educação e realçou o papel de Rotary nesta tão importante área. O Companheiro Rui Bento Lopes, médico pediatra, Presidente do Rotary Club de Algés, encerrou a sessão realçando a forte tradição do clube no apoio ao ensino na comunidade, já que, para além dos prémios anuais, patrocina um conjunto de bolsas de estudo para alunos mais carenciados e ainda o prémio do aluno “Melhor Companheiro”, destinado aos alunos que são escolhidos pelos colegas pelas suas virtudes de solidariedade e de companheirismo.