Rotary Club de Angra do Heroísmo - Cidade Património Mundial organizou seminário sobre Extensão da Plataforma Comercial

 

O Rotary Club de Angra do Heroísmo – Cidade Património Mundial organizou, no dia 17 de Fevereiro, um Seminário subordinado ao tema “Extensão da Plataforma Continental – Actualidade e Perspectivas”, assunto considerado de elevado interesse nacional, especialmente para a Região Autónoma dos Açores.

Neste evento, que contou com a presença da Governadora Assistente Companheira Ilda Braz, do Rotary Club de Ponta Delgada, foram debatidos o Direito Internacional Marítimo (pela Dr.ª Alexandra von Bohm-Amolly, especialista em Direito Internacional Marítimo), o projecto submetido à Convenção das Nações Unidas sobre o Direito do Mar (Dr. Nuno Paixão e Dr.ª Luísa Ribeiro, da Estrutura de Missão para a Extensão da Plataforma Continental), os importantes recursos do solo e subsolo marinho dos Açores (Dr. Victor Hugo Forjaz, Vulcanólogo e Professor-Catedrático do Departamento de Geociências da Universidade dos Açores) e, no âmbito da soberania, as potencialidades e as vulnerabilidades de Portugal para preservar aqueles recursos (Vice-almirante Pires da Cunha, Comandante do Comando Conjunto para as Operações Militares, do Estado-Maior-General das Forças Armadas). A moderação deste debate esteve a cargo do Dr. Miguel Monjardino, Colunista de política internacional do jornal Expresso, Analista de política internacional, SIC-Notícias e Professor-convidado de Geopolítica e Geoestratégia, na Universidade Católica Portuguesa desde 2001.

O Seminário foi elogiado pelo Governo Regional dos Açores, representado pelo Director Regional dos Assuntos do Mar, Dr. Filipe Mora Porteiro, que encerrou o debate, assim como pelas cerca de 50 individualidades do meio académico universitário e secundário, entidades civis e militares, Presidente da Câmara Municipal de Angra do Heroísmo e Vice-presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória, num total de 85 participantes.
 
Portugal reclama a extensão da plataforma continental para além das 200 milhas marítimas, uma área superior a dois milhões de quilómetros quadrados, pelo que tem vindo a dar prioridade à realização de campanhas oceanográficas que permitem completar e consolidar o conjunto de dados de geologia, hidrografia e geofísica, apresentados na Proposta que submeteu à Organização das Nações Unidas.

O Seminário decorreu no auditório do Hotel do Caracol em Angra do Heroísmo, tendo contado com o apoio da Açoreana Seguros e da Câmara Municipal de Angra do Heroísmo.