Assembleia Plenária da Comissão Inter-Países Portugal-França reuniu mais de uma centena de participantes

 

Decorreu em Oeiras no fim-de-semana de 29 e 30 de Abril a Assembleia Plenária da Comissão Inter-Países (CIP) Portugal-França, uma organização conjunta do Rotary Club de Algés e da Secção Portuguesa da CIP Portugal -França (presidida pelo Companheiro Past-Governador Artur Almeida e Silva) que reuniu 130 rotários portugueses e franceses.

No dia 28 de Abril, o Rotary Club de Sintra levou a efeito, numa cerimónia muito concorrida, a sua geminação com o Rotary Club Francês de Pau Bearn, geminação que tem como principal finalidade a valorização das relações de amizade e companheirismo entre os membros dos dois clubes, tendo em vista favorecer a compreensão mundial e a melhoria da sua preparação para a vida. Os encontros, a efectuar de dois em dois anos alternadamente na sede de cada um dos clubes, visarão conhecer a situação social, cultural e económica da área de jurisdição do clube, bem como a vida quotidiana dos membros do clube geminado; realizar iniciativas comuns no âmbito dos Programas de Acção do Rotary Internacional; promover a possibilidade de efectuar estudos e estágios profissionais para jovens ou familiares do outro clube e proporcionar a jovens do outro clube a sua participação em Rylas ou Campos de Férias organizados pelos dois países.

Também no dia 28 de Abril, decorreu no Hotel Riviera um jantar informal de boas-vindas aos participantes da Assembleia Plenária, que foram recebidos pela Companheira Elisabete Ferreira, Secretária da Secção Portuguesa da CIP Portugal – França.

Os trabalhos tiveram início na manhã de Sábado, pelas 9h30, na Biblioteca Municipal de Oeiras. Na sessão de abertura intervieram o Companheiro Rui Bento Lopes, presidente do Rotary Club de Algés (clube organizador); a Companheira Chantal Guédon, Representante do Coordenador Nacional das CIPS em França (Companheiro Bertrand Baranovsky); o Companheiro Past-Governador Rui Amandi de Sousa, Coordenador Nacional das CIPS em Portugal; o Governador do Distrito 1960, Companheiro Abílio Lopes; o Dr. Paulo Vistas, Presidente da Câmara Municipal de Oeiras; o Companheiro Francis Malaurie, Presidente da Secção Francesa da CIP Portugal-França e o Companheiro Past-Governador Artur Almeida e Silva, Presidente da Secção Portuguesa da CIP Portugal-França.

Após uma introdução na qual foi explicada a missão das CIPS no geral e da CIP Portugal-França em particular, o Companheiro Manuel Cardona fez uma apresentação histórica da CIP Portugal-França, criada há cerca de 60 anos e que tem um total de 42 geminações, sendo a mais antiga a geminação entre o Rotary Club de Viseu (Distrito 1970) e o Rotary Club de Marmand.

A Companheira Elisabete Ferreira abordou as três mais recentes geminações da CIP: entre o Rotary Club da Portela e o Rotary Club Saint Jean de Luz Vallée de la Nivelle, entre o Rotary Club de Loures e o Rotary Club Paris Chatillon Val de Biévre (assinada no dia 23 de Abril) e entre o Rotary Club de Sintra e o Rotary Club de Pau Bearn (assinada no dia 28 de Abril) , e ainda uma geminação que está a ser desenvolvida entre o Rotary Club da Régua e o Rotary Club de Lectore.

O Companheiro Cerca da Silva, do Rotary Club de Coimbra, centrou a sua intervenção na apresentação de um projecto de saúde entre a Universidade da Praia, em Cabo Verde, e o Rotary Club de Coimbra, um projecto já implantado que se encontra em fase de observação e acompanhamento.

O Companheiro Tarcísio Soares, da Secção Francesa da CIP, falou do projecto “100 furos para 100 anos”, um projecto no âmbito da comemoração do centenário da Rotary Foundation e que consiste na angariação de fundos para a criação de poços de água em África, uma zona com muitas carências a este nível. Os países da CIP Portugal-França estão a aderir de forma bastante positiva, já tendo conseguido a verba para um furo e estando já a angariar fundos para um segundo furo.

Após um breve coffee break, houve um momento cultural com a actuação da tuna da ACSA (Associação Cultural e Social de Algés) e USILA (Universidade Sénior e Inter-geracional de Algés), à qual se seguiu a apresentação da importância das actividades da CIP em prol da juventude: o Companheiro Ricardo Madeira deu o seu testemunho enquanto ex-participante de um programa de cruzeiros para jovens, que se realizou pela última vez em 2006 e que está agora a ser retomado e que foi o seu primeiro contacto com o movimento rotário, tendo acabado por entrar em Rotary dois anos depois da participação no cruzeiro.

O Companheiro Francis Malaurie, Presidente da Secção Francesa da CIP Portugal-França, apelou à participação dos companheiros no Programa Polio Plus e deixou o mote para a próxima Assembleia Plenária, que se irá realizar em 2018, organizado pelo Rotary Club de Pau Bearn.

O Companheiro Past-Governador António Goes Madeira apresentou a equipa que vai coordenar a CIP Portugal-França no triénio 2017-2020, da qual será o Presidente, sucedendo assim ao Companheiro Past-Governador Artur Almeida e Silva.

Após o encerramento dos trabalhos, seguiu-se o almoço no Restaurante Caravela d’Ouro, um passeio turístico ao Forte de São Julião da Barra e a recepção pelo Presidente da Câmara Municipal de Oeiras, Dr. Paulo Vistas, com um “Carcavelos de honra” na Adega do Palácio Marquês de Pombal, em Oeiras.

A Messe da Marinha de Cascais foi o local escolhido para a realização do jantar de gala, durante o qual foram ratificados os protocolos das três geminações da CIP Portugal-França.

O dia 30 de Abril foi dedicado a uma visita pela cidade de Lisboa, que percorreu os pontos mais históricos e os ex-libris da cidade, tendo começado em Belém, no Mosteiro dos Jerónimos, Torre de Belém, Padrão dos Descobrimentos, Centro Cultural e MAAT – Museu de Arte, Arquitectura e Tecnologia, seguindo depois para um percurso pedonal no centro histórico da cidade, entre a Praça do Comércio e o Rossio, passando pela Sé Catedral, miradouros e Aqueduto das Águas Livres e terminando no Parque Eduardo VII.