"Ser bolseira da FRP é acreditar" afirma a bolseira Rafaela Teixeira Fernandes

Rafaela Teixeira Fernandes concluiu o percurso académico. Durante 6 anos teve o apoio de Bolsa de Estudo através do Rotary Club de Paredes/Fundação Rotária Portuguesa (FRP). Concluída a licenciatura a jovem dirigiu uma carta ao clube rotário agradecendo todo o apoio recebido.
A jovem escreve que “ser bolseira da Fundação Rotária é acreditar”. E continua “Acreditar que existe um conjunto de pessoas que nos ajudam a crescer. Ajudam a vivenciar em pleno o mundo académico. Fazem-nos sentir acompanhados, apoiados”.
Na carta Rafaela Fernandes sublinha ainda que o contributo recebido constituiu uma importante ajuda para suplantar as dificuldades “porque a incerteza monetária intimidou
a minha decisão de entrada para a faculdade”.
O apoio da Bolsa de Estudo permitiu o pagamento de algumas despesas, como parte das propinas, transportes e alimentação, entre outras, “era como quem me desse um abraço para poder continuar. Fizeram com que enfrentasse as despesas de forma mais tranquila. Esta bolsa ajudou a garantir o meu futuro, tanto a nível pessoal, como profissional”.
Na missiva endereçada ao Rotary Club de Paredes a jovem estudante vai mais longe e apela a que a Fundação Rotária Portuguesa continue “a trabalhar, a esforçar, a cativar e a cultivar a busca pelo melhor caminho a seguir. Porque a recompensa, o retorno é o sorriso e a conquista de todos nós, bolseiros”.

Rafaela Fernandes: a Fundação Rotária Portuguesa está “no caminho certo”

E termina com um conjunto de frases que de forma singela resumem todo o foco da Fundação Rotária Portuguesa, ao longo dos seus quase 60 anos de atividade: “Esta Fundação investe em pessoas e quem investe em pessoas investe em afetos, em recursos humanos. E vocês estão no caminho certo.
Não desistam dos sonhos de quem tem vontade de continuar.
É fácil acreditar. Acreditem nesta fundação. Acreditem em nós.
E um bem-haja a todos vocês que tanto nos completam”.